11.23.2009

THE E.N.D.


(clica, antes de leres o texto!)

No meio disto tudo, a única coisa que me arrependo é de não a ter conhecido bem, porque da nossa relação toda, adorei, voltava a fazer tudo de novo, a sofrer de novo, a babar de novo, a tudo.
De quem é a culpa, é dela, mesmo a precisar de falar com ela, ela preferiu estar com o "Roda Binte’oito", do que por tudo em pratos limpos, tive de acabar com ela por mensagem, mesmo prometendo que nunca faria isso, teve de ser por mensagem, porque ela me ignorou. Isto é agridoce, mau porque não estava à espera que ela me ignorasse de tal maneira e bom porque finalmente fiz o que já devia ter feito. O sentimento apesar de pequeno, era existente, eu gostava dela mas naquele sábado à noite, as coisas que ela me fez, fiquei a olhar para ela de uma maneira diferente, esse sentimento desapareceu por completo, não gosto dela, mas chorei a escrever este texto.
Ia começar a apagar as fotos dela, mas quando vi aquela foto que sempre que a via, babava, desatei a chorar, lembrei-me daqueles bons momentos que passamos, e que bons momentos. O meu momento favorito foi no dia 11 de Novembro de 2009, amei essa manhã, a meia hora que eu passei com ela, foi a melhor meia hora que alguma vez passei na nossa relação, inteirinha. Seis meses de namoro foram pelo canudo porque ela me ignorou, por ter rejeitado as minhas 21 chamadas, por não ter respondido as mensagens, enfim, porque aquele sentimento que sentia por ela, desapareceu mas foi ela que escolheu assim, eu continuava com ela, mais seis meses ou mais doze ou mais dezoito, o tempo que durasse o sentimento, era o tempo que continuava com ela.
Mas ele desapareceu, e não há nada que eu possa fazer, porque a culpa não foi minha.
Bruna, desculpa, mas foste estúpida por me teres ignorado da maneira que ignoraste e por em seis meses de namoro, não teres sido capaz de ter enfrentado os problemas pelos quais passamos.

6 comentários:

Ariana disse...

O texto está lindo, mesmo :$

Liliana Marques: disse...

são poucos os que conseguem expressar os sentimentos como tu fazes ;)

joana bernardo disse...

tão sincero :)

filipacristina22 disse...

AMEI O TEU TEXTO MESMO +.+
ESTA LINDO, TÃO SINCERO
SÃO POUCAS AS PESSOAS QUE CONSEGUEM DIZER TUDO O QUE SENTEN
NAS TU FOSTE FORTE E CONSEGUIS-TES

Alma Perdida disse...

O amor é mesmo assim . Bastante relativo. Pode acabar com uma simples desilusão... Adorei o texto (:

More Than Words* disse...

Por momentos pensei que esta era a minha história, que tinha sido ele a escrever, mas quando cheguei á parte dos 6 meses, vi que não era e fiquei tão aliviada !!! Acho que com estas palavras percebes mais do que aquilo que eu vou escrever aqui !!!
Terminei dessa forma com o meu 'príncipe' mas não me afastei !! Enfim, se passares pelo meu mundo de sonho ficarás a saber mais pormenores *

Adorei cada palavra do teu texto *

Beijinhos*

Enviar um comentário